sábado, novembro 03, 2012

Pra voltar aqui...

Foi preciso coragem para voltar aqui depois de tantos anos. Perdi o fio da meada. Na minha própria historia, nao me recordo bem onde parei. Minha vida se entrelaçou em tres outras vidas e estamos por aqui vivendo no superlativo todas as experiências que a maternidade poderia nos proporcionar, ao cubo. Confesso que os passeios cyberneticos me transportaram para ca em algumas ocasiões, mas nunca tive o mesmo ímpeto para recolher-me a mim como antigamente. Talvez porque eu esteja mesmo em falta com minha própria solidão. Talvez porque eu já não seja, há muito tempo, o assunto mais relevante. Talvez porque me falte o tempo e o animo... Talvez porque eu viva hoje num outro ritmo, num compasso onde os links me absorvem um a um num mergulho profundo e sem volta. Quando dou por mim cá estou eu em saltitos desbravadores de link em link em busca de um tesouro perdido, uma cura quem sabe, qualquer coisa inatingível com que eu sonhe. As crianças estao próximas dos 5 anos. Sao lindos, sao amáveis, inteligentes. Leticia e seu TEA é um capítulo a parte e isso faz parte de mim, da sabedoria adquirida, das minhas praticas em vida, da minha absolvição.

quarta-feira, novembro 10, 2010

sexta-feira, junho 19, 2009

Letícia - Roberto - Lorenza
MEUS FILHOS!!!


Parece mentira que estou conseguindo atualizar o blog com esta foto de meus filhos, atualmente com 1 ano e 5 meses... A experiência com as crianças tem sido intensas e vivenciadas até as últimas forças.
Chamo de: Vida no Superlativo... E são tantos fatos e afazeres... e milhares de alegrias indescritíveis.
Saudades de "ser" por aqui :D

domingo, abril 20, 2008

LORENZA, ROBERTO E LETÍCIA


Experiências Divinas vivenciei ao longo do tempo em que estive ausente. Após repouso absoluto ao final da gestação, obras em casa, gestação interrompida, bebês prematuros de 34 semanas, temporada na UTI Neonatal....... Aff...
...Hoje meus filhos são realidade absoluta!!! De tanto desejá-los e amá-los, mesmo antes de concebidos, meus bebês tomaram o lugar principal de minha vida e do meu coração.
A rotina em casa ficou pra lá de agitada e a organização é ponto fundamental para que tudo dê certo em cada horário. Precisei contratar ajudantes e além das crianças, passamos a conviver com mais oito enfermeiras (revesamento de duas a duas) dentro de casa. Tem dado muito certo... e passadas as cólicas, as crianças já completaram seus 3 meses no dia 14 de abril. Acredito que daqui pra frente as grandes preocupações sumam e deem lugar a diversão, possibilidades de passeios, sorrisinhos, brinquedinhos pela casa...
Sinto-me imensamente feliz!!!!!... E é impossível dar tamanho a este sentimento de amor e zelo. É impossivel, também,
relatar a dedicação que os três solicitam de mim... Impossível relatar a doação incondicional...
...Só sendo mãe de múltiplos pra saber.

quarta-feira, outubro 24, 2007

Imagina quando os tres estiverem, ao mesmo tempo, olhando pra mim...


Vou deixar de pedir desculpas pela ausência, apesar do remorço por ficar tanto tempo sem vir aqui, mas as coisas nao são tão simples de explicar. É tudo muito de momento... e a cada dia uma nova sensação... as vezes preguiça, outras, as novas preocupaçoes tomando conta... e ainda há tanta coisa a se fazer... e o tempo passando acelerado como há de ser...


Vivi os três primeiros meses de gestação na horizontal. Uma implantação embrionária tripla, requer cuidados essenciais e meu repouso obediente (depois dos sustinhos!) foi fundamental para que os bebês pudessem continuar aqui comigo lindos e saudáveis. Depois das muitas lágrimas e das inúmeras Ultra-sons, ultrapassamos esta fase e pisamos com os pézinhos direitos no segundo trimestre. Foi só fechar o terceiro mês e tudo mudou de configuração (mas não totalmente livre de certas restrições).


Atualmente, estou com 5 meses......... mais precisamente 22 semanas. A barriga parece de uma gestação de 7 meses... rsrs. Sinto-me bastante pesada, cansada, mas já pude agir várias coisinhas para a chegada dos babies. Faltam muitos detalhes ainda, mas creio que vai dar pra garantir as roupinhas fofas e os quartinhos aconchegantes cheios de mimos e amor para estes tres pimpolhinhos que estão por vir.


Ando bastante ansiosa e chooooro....... labilidade emocional da gestação. Estou uma bobona! Mas o aprendizado tem sido constante. Imagina quando os tres estiverem, ao mesmo tempo, olhando pra mim e esperando atitudes e respostas rápidas............!!!!!!!!!!!


Que Deus esteja sempre do meu lado a cuidar/cultivar essas bençãos recebidas, das quais sou imensamente grata.

quarta-feira, agosto 22, 2007

PRA LÁ DE FELIZ


10.000 perdões..........

Estive ausente, preguiçosa, relapsa com o blog, mas vim explicar que os trigêmios andam roubando todas as minhas atenções e cuidados.

Estou de repouso absoluto (após um sustinho) e, portanto, precisei parar com todas as minhas atividades profissionais e sociais. Estamos muito bem (eu e o trio), mas minha gestação requer estas medidas. Enquanto isso, no trabalho I, uma licença; no trabalho II (projeto sendo instituido), a compreensão das sócias; e para as badalações, passeios, viagens, vaidades... reclusão total.


Confesso que por vezes me sinto saturada de tanto descanso e meio sozinha, principalmente durante a semana... Mas logo trato de refletir sobre meu privilégio de ser (tri)mãe e, sob estas condições, ter a possibilidade de estar abrindo mão de tudo para ficar em casa quietinha, com todo o apoio do maridão, sem nenhuma privação e ainda contando com a colaboração de minhas funcionarias nos cuidados com a casa e cozinha. Não tenho mesmo do que me queixar. Devo, ao contrário, ser grata, o tempo todo por tudo o que conquistei nessa vida e principalmente pelo marido maravilhoso, pela família amável e pelos amigos atenciosos e solícitos...


Vou terminando esta postagem dizendo que na ultima US os três estavam muito sapecas, levados, com uma vitalidade incrivel e, assim sendo, EU ESTOU PRA LÁ DE FELIZ.

Agradeço a atenção e o carinho dos amigos blogueiros.


sexta-feira, julho 20, 2007

5 livros... oppssss... 6

Uma brincadeira saudável me fez viajar por entre lembranças ligadas a cada livro que eu li e que marcaram-me profundamente em fases importantes de minha vida e a pedidos da Sabrina, vou destacar 5 deles aqui...
Posso destacar 6?


A Bolsa é a história de uma menina que entra em conflito consigo mesma e com a família ao reprimir três grandes vontades (que ela esconde numa bolsa amarela ) – a vontade de crescer, a de ser garoto e a de se tornar escritora. A partir dessa revelação – por si mesma uma contestação à estrutura familiar tradicional em cujo meio "criança não tem vontade" – essa menina sensível e imaginativa nos conta o seu dia-a-dia, juntando o mundo real da família ao mundo criado por sua imaginação fértil e povoado de amigos secretos e fantasias. Ao mesmo tempo que se sucedem episódios reais e fantásticos, uma aventura espiritual se processa, e a menina segue rumo à sua afirmação como pessoa.recebeu o selo de ouro da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, dado anualmente ao livro considerado "O Melhor para a Criança", e o Certificado de Honra do IBBY (International Board on Books for Young People). Traduzido em vários idiomas, o livro foi encenado em teatros do Brasil e da Bélgica.


Amar e ser amado continuam sendo uma das maiores buscas do ser humano. Provavelmente, por mais que a humanidade evolua, essa questão dificilmente vai se modificar.


Perseguidos por uns, amaldiçoados por outros, os segredos das feiticeiras sobreviveram ao ódio, às fogueiras, ao racionalismo e ao esquecimento, atravessando os séculos graças às mulheres que mantinham, de geração em geração, os mistérios da tradição da Lua. Agora, em pleno final do século XXI, quando novamente a Busca Espiritual surge com força no coração das pessoas, estes segredos aparecem em plena luz do dia, trazendo de volta o mesmo tipo de compreensão do mundo que guiou nossos antepassados --- através de um mais polêmicos caminhos para se chegar à comunhão com Deus. Brida é a história real de uma das mais jovens Mestras da Tradição das Feiticeiras. No estilo que o consagrou como um dos escritores mais vendidos do país, PAULO COELHO conta os primeiros passos da então menina de 21 anos que, um belo dia, decidiu que seu destino estava profundamente ligado aos mistérios da magia.

Baseado no livro A Melhor Coisa do Mundo, no qual o pastor Henry Drummond fala sobre um trecho da carta de São Paulo aos Conríntios.

Como tirar o amor do corredor da morte? Roberto Freire ensina a não temer o ridículo quando se trata de assumir as surpresas do coração. Ame e dê vexame aborda as dificuldades de uma vida amorosa prazerosa numa sociedade voltada para o que está em oposição aos sentimentos. O livro, a partir de reflexões e experiências pessoais de Roberto Freire, funciona como um roteiro leve e bem humorado em favor da gratificação permanente, apesar das advertências de uma sociedade baseada na exploração e no consumo. Na série de textos sobre assunto tão candente, o autor explica as vantagens de mergulhar profundamente naquilo que pode causar escândalo em determinado momento, o amor; mas que revela-se, com o tempo, como a única grande motivação de se continuar vivo.



O Sucesso não Ocorre por Acaso nos ensina a modificar o nosso relacionamento com o mundo de forma tão eficaz, que nos torna capazes de obter tudo o que almejamos da vida.
Nós somos aquilo que pensamos. Nossa vida é um retrato fiel do que construímos a cada dia. Portanto, realizar nossos sonhos, ser bem-sucedido são conquistas que dependem essencialmente de nós. Mas como chegar lá? Dr. Lair Ribeiro traça aqui um roteiro prático para quem já cansou de fracassos. Por meio de técnicas surpreendentes, que trazem para o dia-a-dia os conhecimentos profundos da Neurolingüística, ele nos revela os segredos do sucesso. "Se você mudar, o mundo muda com você" - e O Sucesso não Ocorre por Acaso será sua grande arma na solitária batalha por esta transformação.
Repasso a brincadeira para:
clique:






sábado, julho 14, 2007

Um outro ciclo... Uma nova história que começa assim:






"Era uma vez, três saquinhos gestacionais, vistos numa ultra-som, realizada no dia 11 de julho de 2007, aniversário do papai. Eles eram pequenininhos ainda, mas traziam consigo uma felicidade gigantesca..."

...e com certeza, serão FELIZES PARA SEMPRE!



obs: para os mais efusivos lá vai a informação de que no avançar destes primeiros tempos, é possível que a trigemelaridade se transforme em bigemelaridade, mas pelo que conheço de minha saúde e estrutura em vários aspectos, acho que rola o TRIO. hehehehe

terça-feira, julho 10, 2007

domingo, julho 08, 2007

SIM...

"...Tudo no mundo nasceu com um sim. Uma molécula disse sim a outra molécula e nasceu a vida...."
Clarice Lispector

22 dias

Pregas Neurais Iniciam sua Fusão, Os Tubos Cardíacos se Fundem 3ª semana (23 dias pós-concepção)

1.5 - 3.0 mm é o tamanho do embrião, 21 - 23 dias pós-ovulação. Esse estágio de desenvolvimento reflete um rápido crescimento do embrião. Ele torna-se mais longo e a vesícula vitelina se expande. No final desse período é possível identificarmos entre 4 a 12 pares de somitos de cada lado do tubo neural.
As células que dão origem aos olhos aparecem como dois círculos espessos logo abaixo das pregas neurais. As células que dão origem aos ouvidos também já estão presentes. As pregas neurais estão se fundindo em vários pontos ao longo do comprimento do tubo neural, concomitantemente com a expansão dos somitos, o que dá um aspecto de "zipper" ao tubo neural fechado.
As células da crista neural também contribuirão com a formação do crâneo e da face do embrião. Os dois tubos endocárdicos formados no estágio anterior fundem-se nesse período, para formar um tubo único derivado da raiz do tubo neural, que assume a forma de um S e constitui o coração primitivo assimétrico. As contrações do músculo cardíaco em forma de S se iniciam.


Amanha, talvez eu consiga adiantar o US... Afinal, dia 18 está muuuito longe pra quem anda super ansiosa, como eu.